Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Fabulosas de Verão começaram em Albufeira

  • 2017-08-05 05:27
  • Autor: Jorge H. Sampaio
  • Autor da Foto: Jorge H. Sampaio


O cartel da passada quinta-feira, em Albufeira, foi formado por Luis Rouxinol, Tito Semedo e Ana Batista, com pegas a cargo de Amadores de Cascais, Portalegre e Coimbra.
Perante um terço de lotação preenchida, lidaram-se reses de Rodolfo André Proença.
CRÓNICA DA CORRIDA
GALERIA FOTOGRÁFICA

Teve início, nesta quinta-feira, 3 de Agosto, as habituais “Fabulosas de Verão” na Monumental de Albufeira, onde os principais nomes do toureio mundial vão ter presença assegurada, como são os casos de Pablo Hermoso e João Moura (17 de Agosto), Rui Salvador e Andrés Romero, entre outros. Esta quinta, perante um terço de casa bem composta, lidaram-se 6 toiros de 4 e 5 anos, de Rodolfo André Proença, com pesos a rondar os 470 quilos e sem criarem dificuldades aos artistas. O cartel foi formado por Luis Rouxinol, Tito Semedo e Ana Batista, nas pegas estiveram os Amadores de Cascais, Portalegre e Coimbra.

Luis Rouxinol, teve duas actuações muito identicas, correctas, simples, frente a dois toiros de investidas curtas e suaves, o cavaleiro de Pegões aproveitou também para testar novos cavalos, rematando a primeira lide com um bonito par de bandarilhas.

Tito Semedo andou correcto como é seu timbre, frente a oponentes que pouco transmitiam, o cavaleiro de Santana soube aproveitar a pouca materia-prima que tinha pela frente, onde destacamos a segunda lide ao quinto da noite com sortes frontais e cravagem “em su sitio” rematando com um violino e um palmito à meia volta.

Ana Batista a gosar de bastante popularidade entre os presentes. Esteve em noite de nota elevada, este ano com uma boa quadra de cavalos, andando vistosa na primeira lide, com um bom segundo comprido em entrada frontal, nas bandarilhas e em cites curtos andou bastante correcta... No ultimo da noite, voltou a estar por cima do oponente, com entradas frontais, deixando um excelente ambiente.

Noite calma para a rapaziada das jaquetas de ramagens, frente a toiros pouco exigentes, mas que também não facilitavam quando os forcados estavam mal.

Pelos Amadores de Cascais comandados por Paulo Loução, foram solistas Marco Baião, à primeira e Luis Fernandes à segunda; por Portalegre capitaneados por Francisco Peralta, estiveram Jose Lobo, ao primeiro intento e João Gonçalves à quarta e pelos comandados de José Freire, os de Coimbra pegaram Pedro Casalta à segunda e Pedro Silva à primeira.

Este espectáculo teve a direcção de Agostinho Borges, coadjuvado pelo Dr. Carlos Santana, com a embolação e ferragem a cargo da equipa de Bruno Lopes.