Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Campo Pequeno - Correia Lopes, Soraia Costa e Diogo Peseiro nos melhores momentos da noite

  • 2017-08-11 20:19
  • Autor da Foto: António Lúcio


A Praça de Touros do Campo Pequeno recebeu esta quinta-feira, 10 de Agosto, a novilhada inserida no seu abono 2017.
CRÓNICA DA NOVILHADA

Uma excelente entrada para uma novilhada, a roçar os 40% da lotação, e momentos muito interessantes a cargo dos cavaleiros Correia Lopes e Soraia Costa e do novilheiro Diogo Peseiro, este ate um bom erale de Falé Filipe, os outros frente a boas reses de Varela Crujo e Paulo Caetano. Três jovens que se destacaram, nomeadamente a jovem cavaleira Soraia Costa que mostrou muito bom sentido de lide. O espectáculo teve as lides equestres na primeira parte e toureio a pé na segunda.

Francisco Correia Lopes apresentou-se com um toureio muito sóbrio, muito clássico, recebendo bem o novilho e rematando sempre as sortes rodando pelo piton direito. Deixou o novilho bem colocado e cravou bons ferros, em especial os curtos. A merecer outras oportunidades.

O mesmo se pode dizer para a jovem Soraia Costa, autora de uma boa lide, com muito sentido e intenção de fazer bem as coisas. Bregou bem e cravou bons ferros, templando muito para cravar a ferragem curta, entrando bem de frente e quarteando o suficiente para poder cravar sem toques. Uma actuação muito interessante.

Manuel de Oliveira acusou um pouco o peso de tourear no Campo Pequeno. Tem alguns aspectos a  polir e aprimorar pois é ainda recente a sua prova de praticante. Deixou alguns bons ferros e vontade de o rever.

Três Grupos de Forcados para pegar 3 novilhos!!! Os Amadores de Azambuja, por intermédio de David Mouchão concretizaram a primeira pega da noite, bem e à primeira tentativa; Fábio Madeira, dos Amadores da Póvoa de S. Miguel fechou-se sem dificuldade à primeira e Duarte Campino, dos Amadores do Cartaxo, só à terceira conseguiu concretizar.

No toureio a pé, Joaquim Ribeiro lidou um eral de Grave, mansote, por vezes a recuar quando confrontando com a muleta. Bem de capote por verónicas, Cuqui mostrou o seu valor, e arte a espaços, sacando alguns bons muletazos por ambos os pitons mas sem que o êxito lhe pudesse sorrir porque o eral não ajudou em nada.

Diogo Peseiro lidou um bom eral de Falé Filipe. Recebeu-o bem de capote com verónicas e deixou-lhe dois pares de bandarilhas. A faena de muleta teve bons momentos quer por derechazos quer por naturales, iniciada que foi com cambiados no centro da arena. Melhor pelo lado esquerdo, a faena terminou com um toureio de maior proximidade do oponente, o que sempre agrada ao grande público.

Em sexto e último lugar exibiu-se Sérgio Nunes frente a um novilho de Ribeiro Telles que não lhe colocou muitos problemas. Quatro verónicas foram a forma como o recebeu. Com a muleta sacou passes pelos dois pitons e teve alguns que foram de melhor nota. Mostrou valor e que queria sacar o máximo partido da rês.

Na direcção esteve Manuel Gama assessorado pelo veterinário Carlos Santos.