• geral@touroeouro.com

Os detalhes de Lisboa

  • 2018-03-08 21:56
  • Autor: Solange Pinto


A análise à temporada lisboeta

Foi quiçá a maior assistência em eventos homólogos…

A temporada lisboeta, ou parte dela, foi apresentada hoje, na arena da Praça de Touros do Campo Pequeno. Casa cheia. Artistas (quase todos os anunciados), forcados, ganadeiros, imprensa e até presidentes de diversas autarquias com actividade tauromáquica marcaram presença na apresentação oficial do abono deste ano 2018.

Paula Mattamouros Resende, abriu todas as hostilidades, frisando a os três ‘vectores’ que direccionaram e inspiraram a composição da cartelaria. Temporada dedicada ao touro, aos forcados e aos 40 anos de alternativa do Maestro João Moura. Aliás, foi mesmo João Moura, o único toureiro a ‘compartir’ mesa com os oradores da tarde. O decano dos toureiros no activo, foi convidado a falar do cartel que integrará juntamente com os seus dois filhos e sobrinho, numa reedição de um espectáculo ali já ocorrido há exactamente dez anos atrás.

Esta corrida, agendada para o dia 7 de Junho, contará com toiros de Manuel Coimbra e claro, de Francisco Romão Tenório e Torre D’Onofre.

Cartel atractivo e mesmo que não seja uma novidade, e com toda a certeza, um dos pontos altos deste ano.

Rui Bento, em versão mais sucinta que o habitual, descreveu os cartéis, sem necessitar de se socorrer de grandes adjectivos face aos ‘contratados’.

O cartel inicial, o de dia 5 de Abril, tem justa presença de três toureiros importantes no ‘quadro’ actual português.

Rui Fernandes, encabeça o elenco, assumindo-se como cabeça de cartaz, em ano especial, de comemoração de uma vintena de anos como profissional do toureio.

Moura Júnior e João Telles Júnior são velhos competidores…

Os dois cartéis frisados, assumem-se como dos melhores do abono, juntamente ao cartel monstro que juntará na mesma arena, Moura, Pablo e Fernandes, assinalando-se aqui sim, a efeméride dos 20 anos de alternativa de Rui Fernandes.

Ainda na lista dos melhores, o dia 17 de Maio, com António Telles, Pablo e João Moura Caetano, bem como o agigantado encontro na arena lisboeta, de Morante e Manzanares e João Telles Júnior.

A novidade deste ano, reside no facto de haver, no dia 21 de Junho, uma corrida extra abono, com toureiros que segundo Rui Bento, sempre ‘evidenciaram vontade’ de ir ao Campo Pequeno. Sobre este tema, disse o Director de Actividades Tauromáquicas, que ‘houve três toureiros, cujos apoderados disseram que sim e que declinaram o convite, depois…’.

Sobre Juan José Padilla, de quem era sabida a inclusão no abono, disse-se que ou entraria no dia 23 de Agosto ou, a 20 de Setembro.

Das ausências, cita-se Rui Bento, de Manuel Dias Gomes e Diego Ventura, diz o antigo matador que ‘Manuel Dias Gomes não está por sua vontade, por entender que não se revia no que lhe propusemos e Ventura, foi cinco estrelas connosco, mas disse claramente que se não lhe déssemos a data de 19 de Julho, não actuaria no Campo Pequeno’.

Não comentada, foi a ausência de Vítor Ribeiro, depois de tanto se ter alvitrado sobre a sua presença no abono…

À parte de tudo isto, destacam-se os 25 Grupos de Forcados incluídos no certame e um elenco ganadeiro de nomeada, e que de resto, dá o mote ao slogan deste ano…