• geral@touroeouro.com

Editorial - Maio - Nos vamos… hasta Madrid!

  • 2018-05-11 22:13
  • Autor: Solange Pinto


'A tauromaquia, está saturada de amadores labregos que viram neste mundo a única forma de existirem socialmente. A tauromaquia, está farta de indivíduos que se querem pavonear na trincheira… quer sejam empresários, fotógrafos ou sei lá que mais pára-quedistas…'

Já aqui fiz referência ao facto de ter assistido, à melhor corrida da Feira de Abril, em Sevilha, na edição deste ano… Confesso e não envergonhada, que me caíram as lágrimas, juro que quis contê-las, mas foi de facto, impossível…

Senti-me abençoada por poder viver intensamente, aquilo a que chamo a ‘verdadeira paixão pelo toureio e pela tauromaquia’, a tal que é universal e que não tem, nem pode ter fronteiras…

Todos os toureiros são de todos os ‘rincóns’ taurinos… é assim que se deve sentir e nesse dia, senti-me mais taurina e aficionada que nunca!

Nesse dia, nesse 17 de Abril, não questionei aquilo que questiono todos os dias… O verdadeiro motivo da tauromaquia ser verdadeiramente assaltada por seres de nível muito discutível e que ousam dizer a toda a hora, de forma completamente desnivelada, que amam a Festa e que por ela fazem tudo…

Calma! Fazer tudo pela Festa, não é arrasá-la com impropérios recheados de vulgaridades, reveladoras da total ausência de berço…

A tauromaquia precisa de duas coisas que se podem e devem complementar, mas nunca serem utilizadas em separado. Profissionalismo com paixão é admissível e até aconselhável. Apenas paixão, deveria dar aos indivíduos que dizem senti-la, um passaporte directo para o sítio onde as emoções se vivem sem filtros, ou seja, na bancada.

A tauromaquia, está saturada de amadores labregos que viram neste mundo a única forma de existirem socialmente. A tauromaquia, está farta de indivíduos que se querem pavonear na trincheira… quer sejam empresários, fotógrafos ou sei lá que mais pára-quedistas…

Nunca olvidemos, que o amadorismo e o barato (ou à borla), pode sair caro e que o profissional, se cobra pelo seu trabalho!

Por sentido dever das suas obrigações enquanto órgão de comunicação e porque ali vão estar três portugueses, o TouroeOuro estará em Madrid, contando e analisando as actuações de Rui Fernandes, Moura Júnior e João Telles Júnior na mais importante praça de touros do mundo, Las Ventas!

Rui Fernandes, a cumprir 20 anos de Alternativa, mereceria voltar a provar uma porta por onde já saiu... continuando a provar que é dos portugueses mais internacionais da actualidade...

Não vamos de excursão, nem estamos à espera da comissão dos jantares de homenagens, iríamos de qualquer forma, porque todos os olhos vão estar na capital espanhola…

Para os que disso fazem uma bandeira, e para os que acham que vamos a Madrid fazer o nosso debute, que perguntem ao Maestro Moura, há quantos nos conhece por ali?

Aos chegados agora, sim, porque se forem bons, também há lugar para eles, enfiem a violinha no saco, porque aqui, sabemos o que fazemos e quais são as prioridades!

Nos vamos… hasta Madrid!