• geral@touroeouro.com

Campo Pequeno - Miguel foi o melhor Moura da noite

  • 2018-06-08 04:57
  • Autor: Solange Pinto
  • Autor da Foto: João Dinis


A Praça de Touros do Campo Pequeno, recebeu esta quinta-feira, 7 de Junho, a terceira Corrida de Touros do seu abono, comemorativa dos 40 anos de Alternativa de João Moura.
CRÓNICA DA CORRIDA
GALERIA FOTOGRÁFICA
ASSIM ACOMPANHAMOS EM DIRECTO

Tinha e isso é inegável, uma forte componente de emoção.

A corrida que ontem à noite, teve lugar no Campo Pequeno, era a ideal para quem como eu, é saudosista e gosta sempre de recordar o melhor de cada um dos artistas que já vi…

De Moura, o patriarca da família de toureiros de quem foi e só poderia ser o melhor professor, vi tudo o que a minha idade me permitiu e calma, n vi pouco e orgulho-me de o ter visto em muitos palcos da península ibérica…

Hoje, olho para trás e sinto saudades, ainda assim, Moura está cá, e diz, grita mesmo a toda a hora que está e faz sentido que esteja, sobretudo em palcos como o Campo Pequeno, onde tantos e tantos triunfos protagonizou.

Esta noite e depois da mais que justa homenagem de que foi alvo e depois de uma primeira actuação apenas regular, voltou a deslumbrar… Destapa ‘coelhos’ quando menos se espera, porque quem sabe, jamais esquecerá. Moura ainda é Moura e será sempre que queira… Andou bem, com alegria, a gosto e com ganas. A noite era afinal de contas, sua!

Quarenta anos de tantos triunfos, tantas portas grandes, tanto respeito de tudo e todos. Ali, voltou a provar porque foi, porque é e porque será sempre o eterno número um! Um génio e o resto são cantigas…

O pequenote da dinastia, fez cortesias, fazendo lembrar o pequeno Miguel há exactamente dez anos atrás… Miguel toureou em 2007, mas foi hoje o grande triunfador. A sua primeira actuação foi um triunfo dos ‘tais’ para recordar. Preciso e conciso nos curtos deixados. A cada um, público em pé. Timbre Mourista ao mais alto nível. Inspirado a sério, toureiro, nesta noite, com um T bem grande!

Frente ao segundo, recorda-se o comprido primeiro, em sorte de gaiola. Grande momento, saiu perfeito… a restante lide, resultou regular, embora agradável.

João Moura Júnior, andou neste registo. Este, digo, regular, sem deslumbrar. As suas duas prestações decorreram de menos a mais, mas, mesmo o mais foi aquém do que pode e sabe.

Lidaram-se toiros de Manuel Coimbra e Francisco Romão Tenório. Os Coimbras mais complicadotes, o Romão Tenório lidado por Miguel Moura, a sair de feição ao toureio do jovem ginete.

Se Tomás Moura fez as cortesias junto ao seu pai e irmão, João Augusto Moura, sobrinho do veterano e homenageado cavaleiro de Monforte, teve de as fazer em solitário, num ‘suposto’ segundo espectáculo, ou seja, uma novilhada.

O novilheiro lidou um astado da sua ganadaria, Torre d’Onofre, sem força e que constantemente perdia as mãos. Este facto condicionou em muito a actuação do toureiro a pé, que, ainda assim e mesmo sem matéria-prima, voltou a mostrar o porquê de ao tempo, tantas esperanças se terem em si depositado.

Nesta noite, retém-se a sua exibição de capote e os intentos por ligar faena… sempre com boas maneiras!

E porque a corrida não foram só ‘Mouras’, eis que em praça estiveram três grupos de forcados, da mesma região dos grandes ‘anfitriões’ da noite… Portalegre, Arronches e Monforte, foram os encarregados de consumar e bem, as ‘sortes’ da jornada.

Pelos de Portalegre, foram caras os forcados João Fragoso, efectivando ao segundo intento e Ricardo Almeida, ao primeiro. Pelos de Arronches, foram na linha da frente, Manuel Cardoso, efectivando à primeira e Fábio Mileu, à segunda tentativa. Por fim e pelos Amadores de Monforte, foram caras, Nuno Toureiro, consumando ao primeiro intento, bem como Pedro Peixoto, necessitando também só de um intento para a consumação desta pega.

Dirigiu com acerto e sensibilidade nos ‘tempos e horas’ devidas, Pedro Reinhardt, coadjuvado pelo médico veterinário Jorge Moreira da Silva.

A noite foi Mourista, colocou no Campo Pequeno, três quartos de casa fortíssimos e sobretudo, juntou, na bancada e entre barreiras, nomes importantes da tauromaquia mundial…

Meteorologia