• geral@touroeouro.com

João Anão agredido por Francisco Penedo

  • 2018-10-06 12:17


João Anão Madureira acusa Francisco Penedo de agressão, no Coliseu do Redondo

João Anão Madureira, criador de cavalos e actual apoderado de Verónica Cabaço, foi, segundo declarações suas, brutalmente agredido por Francisco Penedo, apoderado de Luís Rouxinol e Luís Rouxinol Júnior, ontem, no decorrer da corrida do Redondo (ao intervalo do espectáculo).
Anão, deu a conhecer o sucedido, num post da sua página da rede social Facebook 'O Sr. Francisco Penedo, apoderado do Luis, acompanhado no acto pelo Luis André conhecido no meio por Rouxinol JR, filho do Luis. Claro está que como sabem eu não sou de violência e fiquei estupfacto com o acto. Mas o que mais me chocou foi ver o Ti Alfredo pai do Luis e Avó do Luis André a chorar, fiquei com a impressão que para o Ti Alfredo acabava ali a tal idade da inocência do neto e ainda por cima sem razão nenhuma, calculo que seja duro..
Perguntava me o GNR de serviço "Não quer que eu identifique os agressores? " a minha resposta foi, não vale a pena calculo que a partir de hoje numca mais dormem descansados para mim chega!
Claro está que tudo na vida tem consequências, eu não posso continuar a ser apoderado tauromatico de ninguém, não quero pertencer a uma classe que tem nela pessoas como o Penedo.'
'Estrala a bomba' para os lados do Coliseu e 'estralou' devido ao facto, do criador de cavalos, ter colocado ainda no decorrer do espectáculo, uma imagem da actuação de Luís Rouxinol, descrevendo-a como 'penosa', irritando a equipa de cavaleiro.
O TouroeOuro contactou há momentos João Anão Madureira, confirmando este último, toda a história descrita no seu post de Facebook, acrescentando ainda que 'embora ontem não o tenha feito, estou ainda a ponderar se apresentarei queixa junto das autoridades...', diz o coudeleiro.

Contactado pelo TouroeOuro, Francisco Penedo comenta, 'posso dizer-lhe que foi por causa do que ele pôs no Facebook, dizendo uma grande mentira (a primeira lide de Rouxinol foi penosa). Nada corresponde à verdade e mais grave ele não o deve dizer, até porque também representa uma toureira. Exigo respeito a uma figura com a grandesa do Luis Rouxinol, mais de trinta anos a respeitar tudo e todos...'

 
A publicação de João Anão Madureira que terá suscitado a revolta de Francisco Penedo