• geral@touroeouro.com

Os Triunfadores da Temporada - FORCADOS

  • 2018-12-02 22:31


Passe o tempo que passar, a tauromaquia de ‘calções e jaquetas’, é ainda uma das forças maiores da tauromaquia. Há em Portugal, mais de trinta grupos de forcados amadores, sendo que alguns, são ‘instituições’ verdadeiramente emblemáticas e que doa a quem doer, são ainda quem mais gente arrasta às praças de touros, salvo raras excepções feitas por ‘enormes’ figuras do toureio.

Este ano, houve três marcos de relevância e que foram ‘tão-só’ a mudança dos líderes de Beja, Portalegre e Vila Franca.

Charraz cedeu o comando a Miguel Sampaio, Francisco Peralta, deu lugar à liderança de Gonçalo Louro e Vasco Pereira, tornou-se o novel cabo vilafranquense, substituindo o enorme forcado, Ricardo Castelo.

De despedidas, embora por entre outras, destacam-se a do forcado veteraníssimo, dos Amadores de Tomar, Paulo Parker e a ‘torre de controlo’, dos Amadores de Alcochete, André Pinto Tavares.

A renovação terá de ser bem vista por todos os que amamos a arte de pegar toiros e por isso, perfilam-se na ‘escalera’ dos novos valores, José Pedro Suiças, dos Amadores do Montijo e Manuel Pinto, dos Amadores de Alcochete…

Os Grupos de Coruche, Santarém, Alcochete, Montemor e Vila Franca, bem como o Aposento da Moita, são grupos que habitualmente protagonizam encerronas, lidando, nas suas praças, seis touros em solitário.

Bons resultados para os lados de Coruche, no seu tradicional 17 de Agosto, em Montemor também, por ocasião da sua feira anual e Vila Franca, em Outubro. Santarém viu-se este ano impossibilitado de ‘viver’ este compromisso.

Grupo de Forcados do Aposento da Moita - É mais que necessário, enaltecer a brilhante prestação do Grupo de Forcados do Aposento da Moita, sobretudo quando se ‘pensava’ que a formação vivia dias menos reluzentes. Das sete pegas efectuadas na mesma corrida, em Setembro na Moita, a formação liderada por José Maria Bettencourt, efectivou cinco ao primeiro intento, uma ao segundo e uma outra ao terceiro, a todos surpreendendo pelo enorme triunfo.

Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca - O Grupo capitaneado por Ricardo Castelo, no ano em que se despediu das arenas, protagonizou uma coesa temporada, vendo como pontos altos, as corridas na Praça de Touros Palha Blanco, em Vila Franca e também, com a boa prestação no Campo Pequeno.

Grupo de Forcados Académicos de Coimbra - Ricardo Marques deu e dá categoria a uma formação, que, por estar fora das 'amarras' associativistas, vê-se 'obrigado' a vestir a jaqueta, na maioria das vezes, fora do seu país. Das suas viagens ao país vizinho, chegam notícias, sempre, de triunfo e boas prestações, que a todos honra, sobretudo, honra o forcado amador.