Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Santana Lopes de aficionado a defensor de referendo taurino e proibição de transmissão de corridas

  • 2019-06-11 15:25
  • Autor: Redacção
  • Autor da Foto: João Dinis


Pedro Santana Lopes, na foto à direita, agora líder do partido Aliança, e que é reconhecido como grande aficionado, sendo presença assídua em diversas Praças de Touros do país, como os casos de Lisboa, Figueira da Foz e mais recentemente Alcácer do Sal, onde até foi brindado por João Moura, bem como em inúmeros tauródromos espanhóis, demonstra agora uma posição, no mínimo, dúbia para com os militantes do seu movimento partidário.

Em carta enviada aos seus seguidores, Santana Lopes assume que caso possam vir a ter representação na Assembleia da República, nas eleições de Outubro próximo, defenderá a realização de um referendo municipal, sobre o tema, ‘a liberdade de escolha deve aplicar – se também a temas que são objecto de polémica social, como eventos ou festas que envolvem a utilização de animais. Somos liberais, não gostamos de proibições. Defendemos que em cada comunidade municipal se decida, mesmo por referendo local. Há regiões do País que não admitem prescindir, há outras que não toleram.’, salientando ainda que também irão defender o fim da transmissão televisiva de corridas de touros, nomeadamente no canal público de televisão, ‘ não devemos violentar ninguém, por isso também admitimos que esses espectáculos não devam ser transmitidos por canais públicos de comunicação. Mas se privados o quiserem fazer, deve ser respeitada a sua liberdade’.

Esta ‘estranha’ posição, de um partido que tem um líder aficionado, surge depois dos resultados das eleições europeias, que terão ficado aquém do esperado pelo Direcção do partido, fazendo com que este se ‘colasse’ a politicas populistas.


Santana Lopes sendo brindado por João Moura, na corrida que se realizou em Alcácer do Sal



Santana Lopes numa barreira do Coliseu Figueirense (Praça de Touros da Figueira da Foz)