Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Vigouroux e Vinhas ganham prémios em Alcochete

  • 2019-08-11 21:45


Valeram dois ferros de João Telles e dois de Francisco Palha

O Concurso de Ganadarias de Alcochete, foi sempre e segundo a história, uma data respeitada, pela sua imponência imposta sobretudo pelo malogrado empresário António Manuel Cardoso.
Tempos idos e que receamos que não voltem... Quando há concurso e à arena saem toiros biscos e sem cara, é o mesmo que dizer, que, das duas uma, ou o ganadeiro não tinha melhor e assume que abdica do prémio apresentação, ou, que substima a data em questão. Por parte do empresário, há que 'pôr a cabeça' e encarar tudo com o brio que o público que encheu praça, merecia!
Segundo o aviso estampado na bilheteira, o toiro de José Palha não 'compareceu ao chamado', substituindo-se o mesmo por um exemplar de Canas de Vigouroux, ou seja, de um passaram a ser dois... Sendo que o prémio apresentação, foi entregue a Canas Vigouroux... o outro prémio, ao exemplar de Vinhas.
Por esta ordem, lidaram-se exemplares das ganadarias de Prudêncio, Vinhas, Canas Vigouroux, António Silva, Canas e Fernandes de Castro.

Vamos a diante e os grandes triunfadores da tarde, foram os forcados do Grupo de Amadores de Alcochete.
As cinco primeiras pega ao primeiro intento, com tudo a parecer fácil, com caras a cargo de Diogo Timótio, António José Cardoso, João Machacaz (duas voltas à arena), Nuno Santana e Manuel Pinto. A sexta pega foi consumada ao segundo intento, por João Belmonte, dando a segunda volta com o ajuda João Rei.

No que a cavaleiros concerne, pouquíssimo a relatar, uma vez que triunfos redondos e coesos não houve. Luís Rouxinol andou com recursos frente ao manso primeiro e no seu tradicional registo, com o Douro, frente ao segundo do seu lote, o Silva.
João Ribeiro Telles andou regular, em registo positivo, no primeiro, mas foi no segundo e já na fase final da sua prestação, que marcou a diferença, ao deixar dois curtos de grande nota, com o Ilusionista... levantou praça, com justiça, conseguindo assim, direito a duas voltas à arena.
Francisco Palha, foi autor de uma primeira actuação discreta, sendo que no segundo, foi quando pôs 'mais carne no assador', terminando também ele, com dois ferros de muitos quilates.

O festejo foi dirigido pelo Sr. Ricardo Dias, assessorado pelo médico veterinário Jorge Moreira da Silva.

Nota: o TouroeOuro não exibe imagens do festejo, pelo facto de há anos ser vetado pela empresa Touros e Tauromaquia... O antigo empresário deixou herança nas indisposições, mas não na arte de montar bons cartéis e de fazer de Alcochete, uma praça respeitada pela seriedade e imponência, pese embora o seu escasso tamanho.