Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

18 cães apreendidos e João Moura ouvido no caso dos maus tratos de animais. Denúncia anónima deu o alerta para o caso

  • 2020-02-19 20:24
  • Autor da Foto: D.R.


Conforme se noticiou anteriormente e está amplamente divulgado, o cavaleiro João Moura foi detido esta quarta-feira, 19 de Fevereiro, por alegados maus tratos a animais de companhia.

O caso aconteceu ao início da manhã, tendo com o toureiro a ser questionado no local pelo Serviço de Protecção Natureza e do Ambiente (SEPNA) da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Elvas, que detectou que este tinha em sua posse dezoito cães da raça Galgo Inglês, que aparentavam condições de subnutrição, que terão sido verificadas por um veterinário chamado ao local para atestar o estado de saúde dos canídeos.

Posteriormente o toureiro foi ouvido no Tribunal de Portalegre, de onde saiu pouco depois da hora de almoço, regressando a casa, sem qualquer medida restritiva da sua liberdade, ainda que sobre termo de identificação e residência.

De acordo com a agência Lusa, que cita fonte da GNR, após uma denúncia anónima, "houve um auto de notícia elaborado pela GNR, há algumas semanas, que originou um processo-crime que está na fase de inquérito", sendo que o Ministério Público delegou na GNR a elaboração do inquérito e, no âmbito das diligências de investigação que foram desenvolvidas, o MP "propôs o mandado de busca na propriedade do visado, em Monforte"acrescentou a mesma fonte.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0