Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Corridas “com mínimos” a partir de Julho. As medidas que vão ser propostas pelo Governo para o desconfinamento da tauromaquia

  • 2020-05-15 16:51


O Governo deverá anunciar nos próximos dias as novas medidas de desconfinamento, que vão incluir os espectáculos ao ar livre, onde se inclui a tauromaquia.

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, irá ser possível reabrir alguns recintos de espectáculos, existindo ainda a dúvida quanto à caracterização das Praças de Touros, a maioria delas a céu aberto, mas com lugares marcados.

Em princípio, as limitações que vão ser impostas pela Direcção Geral de Saúde, a partir de 1 de Junho, serão de uma pessoa por vinte metros quadrados, em espectáculos ao ar livre, sendo que nas praças de touros pode vir a ser adoptada a medida de uma pessoa a cada quatro lugares, estando por definir se será fila sim – fila não, ou se os lugares ocupados terão que ser desencontrados.

A partir de 1 de Julho, e se o desconfinamento for mantendo os níveis aceitáveis pelo Governo quanto ao número de pessoas infectadas, é esperado que as Praças de Touros possam vir a ter uma ocupação de 50% da sua lotação, sendo que no início de Agosto, poderá a actividade retomar a normalidade, com a possibilidade de vender toda a ocupação dos tauródromos.

Estas são as medidas “em cima da mesa de trabalho”, sendo que as mesmas poderão vir a ser alteradas a qualquer momento, em virtude dos números que forem sendo apresentados pela Direcção Geral de Saúde, relativamente ao número de infectados por covid-19 em Portugal.

Claro está, que pelo menos até ao final do ano, todos os espectáculos terão que ter os assistentes com o uso obrigatório de máscaras, e pelo menos, dispensadores de gel desinfectante.

Hoje mesmo esteve reunida na Assembleia da República a Comissão de Cultura e Comunicação, que ouviu diversas associações ligadas aos promotores dos espectáculos culturais, onde não marcou presença a Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos, onde foram apresentadas estas primeiras medidas, que deverão ser promulgadas na próxima semana no Conselho de Ministros.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0