Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Autarquias vão ter papel fundamental no regresso da tauromaquia. Governo lança linha de 30 milhões de euros para programação cultural

  • 2020-05-22 15:07


Os municípios, sobretudo os integrantes na Secção de Municípios com Actividade Taurina, da Associação Nacional de Municípios Portugueses, vão ter um papel fundamental no regresso da tauromaquia, isto depois do Primeiro-ministro, António Costa, ter anunciado esta sexta-feira, 22 de Maio, uma linha de financiamento de trinta milhões de euros para ser utilizada pelos municípios na programação cultural.

Essa linha é "um programa de financiamento de 30 milhões de euros aos municípios para poderem organizar um conjunto de atividades que permitam a um dos setores mais duramente atingidos por esta crise, [provocada pela pandemia da covid-19] encontrar um espaço de reanimação", afirmou António Costa.

Recorde-se que conforme o TouroeOuro noticiou anteriormente, a Secção de Municípios com Actividade Taurina, da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Presidida por Francisco Oliveira, tem estado em contacto com o Governo Português, dando conta da necessidade de este prestar uma maior atenção à cultura dos seus territórios, onde a tauromaquia está fortemente enraizada.

Os Municipios Taurinos continuam agora empenhados no regresso da actividade, aguardando também as indicações da Direcção Geral de Saúde, de modo a analisarem de que modo podem fazer regressar a tauromaquia aos seus territórios, não só nas praças de touros, mas também nas ruas, onde existem milhares de entusiastas.

Também na semana passada, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, aquando do anúncio do cancelamento das Festas do Colete Encarnado, havia lançado o alerta ao Governo, para que olhasse para os territórios taurinos, facto que pode agora estar minimamente assegurado.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0