Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Velcro nos Touros em Portugal pode ser mesmo uma realidade a curto prazo

  • 2020-07-27 12:38
  • Autor da Foto: Vice


Alteração ao Regulamento pode ainda ser efectuado nesta legislatura

As corridas de touros em Portugal podem nos próximos anos sofrer uma verdadeira reviravolta, pelo menos da forma tradicional como as conhecemos, tendo em vista os projectos de Lei que se encontram a ser trabalhados no Parlamento, e aos quais o TouroeOuro já teve acesso, que visam incluir o velcro no dorso dos touros, como se utiliza na América, fazendo assim que venham a existir “corridas sem sangue”, mas com muito mais perigosidade.

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, o primeiro esboço do regulamento foi elaborado pelos deputados socialistas Pedro Delgado Alves e Tiago Barbosa Ribeiro, que depois de analisarem e visualizarem as corridas que se realizam em território americano, pretendem implementar a “ideia” em Portugal, evitando assim que os touros sangrem durante a lide, facto que parece ser um ponto de discórdia entre os deputados socialistas, que se recorde, aquando da última votação dos dinheiros públicos da tauromaquia, dividiu a bancada, havendo cerca de trinta que votaram contra.

Na generalidade o regulamento não é em muito diferente do actual, havendo uma alteração substancial no peso dos touros em praça, bem como na forma de embolar do mesmo, que passa a incluir a colocação do velcro no dorso do touro, que terá ainda “novas bandarilhas”, que não poderão ter qualquer forma de picar o touro.

Sabe o TouroeOuro que na “mesa de trabalho” deste grupo que está a criar o Projecto de Lei, que não é mais que uma revisão ao actual regulamento tauromáquico, estão dezenas de fotografias da larga maioria dos toureiros portugueses que nos últimos anos têm actuado na América, a lidar touros com o sistema de velcro, facto que pode fazer cair por terra alguns dos argumentos que poderiam ser utilizados para rebater a tese, comprovada, do aumento da perigosidade do touro sem ser picado.

A ideia dos deputados, sobretudo de Pedro Delgado Alves, vem já desde 2017, sendo que em 2018 os dois deputados apresentaram a “ideia” ao então líder da bancada parlamentar socialista, Carlos César, que terá solicitado aos deputados para apresentarem um documento para que este pudesse analisar, facto que pode acontecer entre esta e a próxima legislatura, contando assim com o apoio da larga maioria dos deputados, PAN e Bloco de Esquerda incluídos.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0