Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

“É inacreditável, que para ver espetar facas em animais já se possa ir, mas para ver futebol, ao ar livre, não pode estar ninguém nas bancadas”, afirma Pinto da Costa

  • 2020-07-29 22:40
  • Autor da Foto: D.R./ Visão


O Presidente do Futebol Clube do Porto, que em temos organizou muitas corridas de touros, até para construir o antigo estádio do seu clube, continua a destilar ódio contra a tauromaquia, por esta actividade legal e cultural poder ser realizada com público, ao invés do futebol, que como todos vemos, quase diariamente, é um desporto que muitas vezes provoca violência dentro e fora das bancadas.

Pinto da Costa abordava a final da taça, que se disputará no sábado, 1 de Agosto, entre o Futebol Clube do Porto e o Sport Lisboa e Benfica, em jogo a realizar no Estádio Cidade de Coimbra, quando questionado sobre o futebol continuar a realizar-se sem adeptos, referiu que ”Vamos tentar oferecer a Taça aos nossos adeptos que, infelizmente e injustificadamente não podem estar no nas bancadas. É inacreditável...”, prosseguindo depois com os repetidos insultos à tauromaquia, “hoje vi num canal de televisão que vai haver uma tourada com 50% de ocupação das bancadas. É inacreditável, que para ver espetar facas em animais já se possa ir, mas para ver futebol, ao ar livre, não pode estar ninguém nas bancadas. É lamentável. Mas estamos em Portugal e manda quem pode."

Saliente-se que esta é pelo menos nos últimos tempos, a terceira ocasião em que Jorge Nuno Pinto da Costa se refere de forma insultuosa à tauromaquia, onde seguramente existirão muitos adeptos do seu clube entre os aficionados.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0