Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Apesar do enorme aparato Diogo Amaro não sofreu lesões (Com sequência fotográfica)

  • 2020-09-11 03:14


Diogo Amaro “voa” quando tentava pegar o primeiro touro da noite

O jovem e experiente forcado Diogo Amaro, um dos nomes consagrados do Grupo de Forcados do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, sofreu esta quinta-feira, 10 de Setembro, um enorme percalço que deixou apreensivas as pessoas que assistiam à corrida no Campo Pequeno.

Diogo Amaro foi o selecionado para executar a primeira pega do seu grupo, a um touro da ganadaria Vinhas, com 608 quilos, que havia sido lidado por António Ribeiro Telles.

Já depois da reunião, o touro dá um violento derrote que projectou o forcado no ar, caindo depois desamparado no chão, ficando ali combalido e sem se conseguir levantar.

Prontamente foi assistido pela equipa médica da praça e pelos elementos da Cruz Vermelha, que transportaram o forcado ao Hospital de Santa Maria, onde efectuou exames de diagnóstico, que de acordo com os seus companheiros não detectaram nenhuma lesão.

Além de Diogo Amaro, também um outro colega seu foi à unidade hospitalar lisboeta, bem como João Galhofas e um outro elemento do Grupo de Forcados de Alter do Chão.

_MG_0262

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0