Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Chamusca - Um mano-a-mano diferente...

  • 2020-10-03 20:38
  • Autor: Solange Pinto
  • Autor da Foto: João Dinis


Realizou-se nesta tarde de Sábado, na Chamusca, uma corrida de touros com cartel composto pelos cavaleiros Ana Batista e João Ribeiro Telles, bem como os grupos de Forcados Amadores da Chamusca e Aposento da Chamusca.
Lidaram-se touros da ganadaria David Ribeiro Telles.
A Praça de Touros da Chamusca, registou uma entrada satisfatória, face às limitações impostas pela Direcção Geral de Saúde.
CRÓNICA DA CORRIDA
GALERIA FOTOGRÁFICA
ASSIM ACOMPANHAMOS EM DIRECTO

A Praça de Touros da Chamusca abriu portas pela primeira e última vez nesta estranha temporada, falhando e por motivos pandémicos, à sua mais tradicional data, a Ascensão.
Longe dos dias de ribalta e de exaltação aos toiros, foi então por diante uma corrida com o público possível dentro das limitações de lotação de um dos mais 'acatitados' tauródromos lusos, sendo que se anunciava um mano-a-mano diferente do comum... 
Ana Batista e João Ribeiro Telles, defrontavam-se assim em mano-a-mano, com toiros de David Ribeiro Telles.

Ana Batista andou bem nas três ocasiões, sendo que em lides distintas.
A derradeira actuação talvez tenha sido a que chegou mais ao público que muito a acarinhou, numa temporada em que comemora 20 anos de alternativa.
Um dos brindes foi ao seu alternante, outro ao pai, João Palha Ribeiro Telles e outro ainda, ao seu enteado, Diogo Vicente, que esta tarde saiu na sua quadrilha.
Ana andou com a sua costumeira elegância, cravando ferros com valor, destacando-se também na brega. Nota para a dificuldade acrescida na sua última actuação em que o toiro se adiantava na viagem.

João Ribeiro Telles, considerado já um dos triunfadores da temporada, foi quem mais se destacou nesta tarde de toureio, agradável e entretida.
Se frente aos dois primeiros toiros prevaleceu a brega, templadíssima, vistosa e muito candenciada, chegando mesmo a parecer uma muleta, no último toiro, levantou as gentes da bancada, com o cavalo Ilusionista e os dois soberbos ferros deixados, com entrada ao pitón contrário e o toiro metido em tábuas.
No conjunto, grande exibição do toureiro, a confirmar o excelente momento que atravessa.

As pegas estiveram por conta dos dois grupos da terra: Amadores da Chamusca e Aposento da Chamusca.

Para a cara dos toiros correspondentes ao Grupo de Amadores da Chamusca, foram João Narciso, numa efectivação ao quarto intento; Pedro Moreira que tentou pega por quatro vezes a pega do terceiro toiro, acabando por ser dobrado por Francisco Rocha; e David Silva, numa consumação à primeira tentativa.

Pelo Grupo de Forcados do Aposento da Chamusca, foram na linha da frente, os forcados Francisco Andrade, consumando ao terceiro intento; João Rui Salgueiro, ao primeiro intento e de cernelha, pegaram João Saraiva e Frederico Abreu.

Lidou-se um curro de toiros da ganadaria de David Ribeiro Telles, de bom jogo na generalidade mas com escassez de força.

A corrida foi dirigida pelo Delegado Técnico Tauromáquico Manuel Gama, assessorado pelo médico veterinário, José Luís Cruz.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0