Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Novilhada Matinal de Vila Franca - Tristão Ribeiro Telles com forte triunfo

  • 2020-10-05 13:23
  • Autor: Solange Pinto
  • Autor da Foto: João Dinis


Realizou-se na manhã deste Feriado Nacional, 5 de Outubro, uma novilhada com cartel composto pelos jovens cavaleiros praticantes Francisco Núncio e Tristão Ribeiro Telles. As pegas estiveram a cargo dos Amadores de Vila Franca, sendo que a pé actuaram os espadas Duarte Silva e Sérgio Sánchez.
Para a lide e cavalo e a pé sairam novilhos da ganadaria Palha.
Registou-se significativa entrada de público, estando cheia a lotação permitida pela DGS.
CRÓNICA DA NOVILHADA
GALERIA FOTOGRÁFICA

Grande ambiente na novilhada matinal, a provar uma vez mais, que a Praça de Touros Palha Blanco é diferente das demais, sobretudo no que a afición genuína concerne.
Casa cheia dentro dos limites impostos pela Direcção Geral de Saúde, sendo que, apesar do clima instável, o público esteve disposto e a participar no espectácuo com o tradicional sentido crítico.

Actuaram os cavaleiros praticantes Francisco Núncio e Tristão Ribeiro Telles, sendo que as pegas estiveram a cargo dos Amadores de Vila Franca. A pé actuaram os espadas Duarte Silva e Sérgio Sánchez.

Lidaram-se novilhos de Palha, com apresentação adequada e equiparada, sendo que em comportamento sairam distintos, destacando-se positivamente o lidado por Tristão Ribeiro Telles e por Duarte Silva (segundo do lote).

Francisco Núncio andou regular durante toda a função, deixando da forma possível a ferragem da ordem.

Tristão Ribeiro Telles protagonizou em Vila Franca um triunfo sonoro e que tem de ser gritado aos sete ventos. Bem de verdade desde a ferragem comprida, sendo que nos curtos, houve abordagens geniais face ao seu estágio na tauromaquia. Soberbos ferros, boa brega, graça natural e uma manhã para recordar numa das praças mais exigentes.

As duas pegas da ordem foram efectivadas ao primeiro intento pelos mais jovens dos Amadores de Vila Franca.

Duarte Silva foi o jovem novilheiro que mais se destacou, sobretudo no segundo do seu lote, tendo desenhado séries com muita solvência. Bandarilhou com eficácia em ambas as funções, sendo que de capote mostrou também capacidades.

Sérgio Sánchez destacou-se com algumas 'pinceladas' frente ao primeiro do seu lote. Mostrou qualidades e quietude na abordagem ao toureio.

Dirigiu com acerto, Fábio Costa, assessorado pelo médico veterinário, José Manuel Lourenço.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0