Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

CDS e CHEGA apresentam proposta ao Orçamento de Estado para IVA Tauromáquico

  • 2020-11-20 10:44
  • Autor da Foto: D.R.


O CDS-PP e o CHEGA foram os dois partidos que apresentaram propostas ao Orçamento de Estado, tendo em conta a alteração da taxa de IVA dos bilhetes para os espectáculos tauromáquicos.

De acordo com os documentos a que o TouroeOuro teve acesso, os dois partidos pretendem que os espectáculos tauromáquicos sejam taxados de acordo com as restantes áreas culturais, como canto, dança, música, teatro, cinema, circo, entradas em exposições, entradas em jardins zoológicos, botânicos e aquários públicos, com a taxa mínima de IVA, de 6%.

Deste modo pretendem os partidos fazer aprovar esta alteração à Lei, de modo a “eliminar uma inaceitável discriminação política sobre a liberdade cultural de parte do povo português, apresentamos a nossa proposta de alteração ao orçamento que se rege nos moldes supra apresentados”, pode ler-se na proposta do CHEGA.

Por sua vez na proposta apresentada o CDS-PP, refere que a atitude da Ministra da Cultura, que referem tenta impor o seu gosto pessoal, “não é admissível e, muito menos, democrática”. Relembrando que “as touradas são uma tradição cultural portuguesa antiga, que envolvem toda uma economia rural que, sem os espetáculos tauromáquicos desaparecerá, com todos os prejuízos e consequências muito nefastas que daí advirão para todos os agentes envolvidos nestes espetáculos.”

As votações vão ocorrer na próxima semana, iniciando-se o debate já durante a tarde desta sexta-feira, 20 de Novembro.

 

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0