Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Tauromaquia impedida de ler manifesto na Manifestação pela Cultura

  • 2020-11-21 14:27
  • Autor da Foto: D.R.


Agentes tauromáquicos na bancada e sem direito a ler manifesto

Decorreu de forma absolutamente ordeira e cumpridora das medidas sanitárias impostas pela DGS, a Manifestação pela Cultura, que hoje teve palco na Praça de Touros do Campo Pequeno.

O evento reivindicativo de apoios, foi, como anteriormente noticiámos, organizado pela APEFE – Associação de Promotores de Espectáculos, Festivais e Eventos, convidando profissionais das diferentes expressões culturais a marcar presença no Campo Pequeno, sob forma de protesto para com o difícil momento que artistas e demais profissionais desta área, estão a viver, fruto da crise pandémica.

Rostos conhecidos do mundo da representação, como Ana Bola, José Raposo e João Carvalho, marcaram presença, usando da palavra, sendo que também o fez o conhecido encenador, Filipe la Feria. Marcaram ainda presença ilustre, Mariza e Tony Carreira.

Como também aqui demos eco, a Protóiro ‘convidou-se’ a estar presente, apoiando a manifestação, bem como, incitando os profissionais de tauromaquia a marcar presença. Assim aconteceu, em número simpático, ali marcando presença, nomes como Francisco Palha, António Ribeiro Telles e Rui Salvador e também, os dois empresários do momento, Luís Pombeiro e Ricardo Levesinho, entre outros.

Ao que o TouroeOuro conseguiu apurar, o sector da tauromaquia, ocupando lugares de bancada, foi no entanto impedida de ler o seu manifesto de reivindicação, sendo apenas, mera espectadora desta manifestação.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0