Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Depois do Norte Litoral, tauromaquia perde também o Algarve. Praça de Albufeira não deve reabrir no pós pandemia

  • 2021-02-08 21:18


Prótoiro terá conhecimento da situação mas desvalorizou

Depois de a tauromaquia e os aficionados terem perdido as Praças de Touros de Viana do Castelo e Póvoa do Varzim, e com elas a perda também inevitável da tradição taurina, a tauromaquia perde agora também a Praça de Touros de Albufeira.

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, a crise no turismo provocada pela pandemia, aleada a um negócio imobiliário, irão terminar com os touros em Albufeira, que era "só" a praça que mais espectáculos realizava anualmente, sobretudo de oportunidade aos jovens, dando anualmente mais de uma dezena de novilhadas.

Depois de em 2008 uma notícia ter dado conta da aquisição da Praça de Touros e da zona envolvente pelo grupo Bernardino Gomes (detentor da cadeia de hotéis Real) que entretanto foi adquirido pela Palminvest, que seria transformada num espaço multiusos com capacidade para 4 mil pessoas e uma unidade de hotel, as obras da unidade hoteleira, nas imediações do tauródromo, iniciaram-se no ano passado, e de acordo com um aficionado local “neste momento a porta dos cavalos e a zona de descarga dos touros está completamente tapada pelas infraestruturas que servem a obra”, pelo que será difícil a realização de qualquer espectáculo nos próximos tempos.

Por nós contactado no final do ano, Tito Semedo, genro do empresário Fernando dos Santos, que gere a Praça de Touros de Albufeira há cerca de 30 anos, não confirmou a situação, referindo que a quebra do turismo provocada pela pandemia e a proibição da colocação de publicidade por parte da Câmara Municipal de Albufeira tinham complicado bastante a situação, nunca confirmando a venda dos direitos de superfície do espaço ou o imóvel.

Prótoiro sabe de toda a situação mas desvalorizou

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, a Prótoiro terá conhecimento de toda a situação e do possível encerramento da Praça de Touros de Albufeira, o que significaria também o fim dos touros no Algarve, mas a situação terá sido desvalorizada pela Federação.

Recorde-se que esta não é a primeira vez que a Prótoiro desvaloriza a situação de Albufeira, tendo sido mesmo alvo de um reparo por parte de Sofia Gamboa, filha do empresário Fernando dos Santos, que sempre se demonstrou bastante desapoiada na sua luta contra o município de Albufeira, sobretudo no que diz respeito à questão da publicidade realizada aos espectáculos.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0