Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

DGS mantém lotações nos recintos tauromáquicos. Até que haja alteração regras e lotações vão-se manter

  • 2021-08-02 19:28


Até que a Direcção Geral de Saúde (DGS) altere a orientação que regulamenta a realização de espectáculos tauromáquicos, os empresários terão que manter as lotações anteriormente previstas, entre os 30 e 50%, devendo sempre fazer cumprir o ponto 26 da norma, que pode ler abaixo, em que estes referem que “Deve ser garantida a existência de um lugar de intervalo entre cada lugar ocupado”, observando-se ainda “o distanciamento de um metro entre cada pessoa, na mesma fila”, sendo que nas praças onde a distância seja inferior a 80 centímetros deverá ser garantida uma fila livre.

Até que possa existir uma alteração a esta normativa, que possa incluir as Praças de Touros nos recintos culturais que podem receber 66% da sua lotação, conforme decisão do Conselho de Ministros, que se encontra já publicada em Diário da República, os empresários tauromáquicos terão que manter as actuais lotações.

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, a DGS está agora a rever alguns procedimentos, não só do sector cultural, como também desportivo, nãos sendo certo quando poderá haver alteração nas regras sanitárias impostas na tauromaquia.

Fonte ligada ao processo da saúde, referiu ainda que é possível que a DGS previra observar como foi evoluindo a situação no futebol, podendo depois alargar as lotações na tauromaquia, bem como em outras actividades.

Saliente-se ainda, que nas praças cuja lotação seja superior às mil pessoas é necessária a apresentação do certificado digital ou teste Covid-19 negativo.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0