• geral@touroeouro.com

Em directo

Moita, 11 de Setembro 2018

2018-09-11 18:00:00

6º Touro - Nuno Casquinha (Falé Filipe - 508 quilos)

Após a colhida que sofreu no primeiro de Escribano, ganhou alma Nuno Casquinha! Esteve bem, frente a um flavo de capa com ferro de Falé Filipe. Após de capote sair com tafalleras, verónicas e terminar com meia verónica, partilhou tércio de bandarilhas com Pedro Gonçalves, que este ano se despede das arenas, deixando par de muito boa nota, lidou de muleta com grande sentido de lide. Faena de qualidade por ambos os pitóns, com excelente série de derechazos. Fechou em grande a primeira da Moita.

 

Nuno Casquinha - Volta

5º Touro - Manuel Escribano - (Falé Filipe - 490 quilos)

Frente ao quinto da ordem, regressou ao tauródromo o matador de toiros Manuel Escribano. Após bonito quite de capote, convidou o seu colega de cartel para bandarilhar, deixando cada um, um par de bandarilhas em sorte cambiada, sendo o de Escribano al violín. O toiro, castanho de capa, serviu, essencialmente, pela esquerda, havendo lugar a uma bonita série. A restante faena foi baseada em toureio de proximidade, sendo do agrado do conclave presente.

 

Manuel Escribano - Volta

4º Touro - Vítor Ribeiro - (Falé Filipe - 576 quilos)

Após o equador do festejo, saiu de novo à arena o ginete natural da margem sul do Tejo, Vítor Ribeiro. Lidou um toiro que pouco humilhava e que nos compridos mostrou adiantar-se à sua montada. Seguiu para os curtos, sendo o segundo da ordem um ferro de excelente nota, com desenho da sorte de belo efeito e cravagem ao estribo de alto a baixo, sendo a reunião cingida. Tendo a rês ido muito a menos, os restantes curtos resultaram regulares.

 

Para a última pega da tarde, saltou à arena Moitense o forcado Fábio Silva, efectivando ao bom primeiro intento.

 

Vítor Ribeiro - Volta
Fábio Silva (GFA Moita) - Volta

3º Touro - Nuno Casquinha (Falé Filipe - 512 quilos)

Após receber o terceiro da ordem por verónicas, convidou o seu colega de cartel, a quem mais à frente brindou a sua faena de muleta, a bandarilhar conjuntamente, resultando num bonito tércio de bandarilhas, com três pares bem cravados en su sítio. De muleta, tirou o que não existia pela direita, sendo pela esquerda que teve o seu maior luzimento, soando música no ar após a terceira série.  Toureio de proximidade do diestro vilafranquense a um astado que em nada facilitou o seu labor.

 

Nuno Casquinha - Volta

2º Touro - Manuel Escribano - (Falé Filipe - 495 quilos)

Iniciou a parte apeada do festejo, o matador de toiros espanhol, Manuel Escribano. Após quite de capote por verónicas, saiu ao quite o colega de cartel, Nuno Casquinha, sendo colhido com violência, tendo saído directamente para a enfermaria. Como é timbre de Manuel, bandarilhou com eficácia, ouvindo a primeira ovação do público moitense. Com a muleta, deixou uma segunda série de muto valor de derechazos terminada com bonito passe de peito, seguindo-se uma ainda melhor pela esquerda. Toiro burraco claro de capa, a permitir ao diestro de Gerena, faena de qualidade, por ambos os pitóns.

 

Manuel Escribano - Volta

1º Touro - Vítor Ribeiro - (Falé Filipe - 548 quilos)

O primeiro toiro a sair ao ruedo tinha apresentação e, pese embora protestasse bastante de saída, cumpriu, denotando alguma falta de força. O único cavaleiro em cartel, Vítor Ribeiro, após deixar a ferragem comprida da ordem sem grandes alarves, iniciou fase de curtos com bonitos ladeios. Lidou ao som do pasodoble que carrega o seu próprio nome, deixando uma série de curtos de valor, dos quais se destacam os quarto e quinto da ordem.

Para a primeira pega da tarde, a cargo do Grupo de forcados amadores da Moita, saltou à arena o forcado Filipe Correia, consumando à quarta tentativa, a sesgo.

 

Vítor Ribeiro - Volta
Filipe Correia (GFA Moita) - Não foi autorizada volta

Cortesias...

Hoje arranca a Feira taurina da Moita 2018, com a tradicional corrida de toiros mista! É o primeiro de quatro espetáculos que irão decorrer esta semana na Praça de Toiros Daniel do Nascimento. Cartel composto pelo cavaleiro que regressou este ano às arenas, Vítor Ribeiro e pelos matadores de toiros Manuel Escribano e Nuno Casquinha., estando as pegas a cargo dos amadores da Moita. Lidar-se-ão seis toiros da ganadaria de Falé Filipe. O festejo será dirigido pelo Sr. Pedro Reinhardt, sendo assessorado pelo médico veterinário, Dr. Jorge Moreira da Silva e pelo cornetim, José Henriques. Já se realizaram as habituais cortesias, contando o tauródromo, neste momento, com cerca de um quarto da sua lotação preenchida.