Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Em directo

Beja, 27 de Abril 2019

2019-04-27 16:30:00

Prémios para João Telles Júnior e Gonçalo Borges (GFA Moura)

Esta tarde, estão em disputa dois galardões que pretendem premiar a melhor lide e melhor pega.

O júri que decidirá o ganhador do prémio para a melhor lide, foi composto por Rafael Vilhais, António Ventura e Joaquim Brito Paes, sendo que o júri para a melhor pega, foi formado por João Caixinha, Fernando Navas e Manuel da Messejana.

Melhor lide - João Telles Júnior (qinto toiro da tarde)
Melhor pega - Gonçalo Borges (Real Grupo de Moura) - (Segundo toiro)

6º Touro - Andrés Romero (Canas Vigouroux - 572 quilos)

O último toiro da tarde, teve lide a cargo do rejoneador espanhol Andrés Romero.
Romero cumpriu a fase inicial com regularidade, montando o Hidalgo, evoluindo em curtos, montando o Fuente Rey e com esta montada, deixou bandarilhas de elevado nível, com batida ao pitón contrário e vistoso remate das sortes.
A pedido do público, deixou uma bandarilha mais, montando Kabul, citando com o balancé...
Romero saiu da arena deixando grande ambiente.

A última pega da tarde, esteve por conta de Mauro Lança, dos Amadores de Beja, sendo concretizada ao primeiro bom intento.

Andrés Romero - Volta
Mauro Lança (GFA Beja) - Volta

5º Touro - João Telles Júnior - (Canas Vigouroux - 575 quilos)

Para a lide do quinto bom toiro da tarde, como os restantes, pertencente à ganadaria Canas Vigouroux, entrou em praça o cavaleiro João Telles Júnior.
Telles iniciou com dois compridos de nota regular, dando sequência à sua muito boa actuação, com um primeiro curto de escândalo e que teria merecido música imediata. A dita música, viria a tocar depois de cravado o curto seguinte, bom também, a que se seguiram outros tantos de soberba execução, com batida ao piton contrário. Telles levantou o público das bancadas.

João Cabrita, dos Amadores de Moura, efectivou uma muito boa pega ao primeiro intento.

João Telles Júnior - Volta
João Cabrita (GFA Moura) - Volta

4º Touro - Luís Rouxinol (Canas Vigouroux - 541 quilos)

Atingido o equador do festejo, regressou à arena bejense, o veterano Luís Rouxinol.
Luís montou o Aquiles por ocasião dos regulares compridos, seguindo para os curtos montando o já sobejamente conhecido Douro, recriando-se na brega ladeada, em curtíssimas distâncias...
Como novidade absoluta, cravou com a mesma montada, um par de bandarilhas, terminando com um palmito.

A segunda e última de duas pegas a cargo dos Amdores de São Manços, esteve por conta do Grupo de Forcados Amadores de São Manços, indo na linha da frente, para uma concretização ao segundo intento, o forcado José Quinta.

Luís Rouxinol - Volta
José Quinta (GFA São Manços) - Não deu volta (embora autorizada) por ter recolhido à enfermaria

Nota: Esta tarde, estão em disputa dois galardões que pretendem premiar a melhor lide e melhor pega.

3º Touro - Andrés Romero (Canas Vigouroux - 596 quilos)

O espanhol Andrés Romero, foi o terceiro artista a entrar em praça, repetindo aqui presença pelo segundo ano consecutivo. Andrés enfrentou-se com o mais reservado e complicado toiro da corrida (até ao momento), com arreões e que proporcinou ao toureiro alguma irregularidade na sua actuação.
Andrés montou Carbón, Caimán e Jerjes, e foi com esta última montada, que mais deu nas vistas, pelos desplantes irreverentes e cites com o cavalo na vertical. O rejoneador consentiu alguns toques nas montadas, mas terminou em plano alegre e com música.

Francisco Patanica, dos Amadores de Beja, efectivou pega à terceira tentativa.

Andrés Romero - Volta
Francisco Patanica (GFA Beja) - Não deu volta, embora autorizada

 

2º Touro - João Telles Júnior - (Canas Vigouroux - 617 quilos)

A segunda actuação da calorosa tarde de toiros, esteve por conta de João Telles Júnior.
O dinástico ginete deixou dois bons compridos, sendo que nos curtos manteve semelhante tónica, lidando na verdadeira acepção da palavra, entusiasmando o público que muito aplaudiu.
Bem na escolha de terrenos, bem nas reuniões e na concretização das sortes.
João Telles escutou música, numa prestação brindada ao público presente na Praça de Touros Varela Crujo.

A segunda pega da ordem de lide, foi efectivada ao segundo intento, pelos Amadores de Moura, indo para a cara do toiro, o forcado Gonçalo Borges.
Pega de levantar praça!

João Telles Júnior - Volta
Gonçalo Borges (GFA Moura) e primeiro ajuda - Volta

1º Touro - Luís Rouxinol - (Canas Vigouroux - 614 quilos)

A Primeira Corrida Agricultores do Sul, também integrada na Ovibeja, começou com a actuação do mais antigo cavaleiro em cartel, Luís Rouxinol.
Luís enfrentou-se com um dos mais pesados toiros de toda a corrida e que apesar de 'sobrado' de quilos, teve mobilidade. O 'bisco' serviu à técnica de Luís Rouxinol, que deixou na ocasião dois regulares compridos e uma série de curtos de boa nota, saindo o ginete a rematar as sortes. A actuação decorreu ao som do pasodoble 'Vitor Ribeiro' e teve epílogo com um palmito.

A primeira pega de uma série de seis, foi efectivada por Pedro Galhardo, dos Amadores de São Manços, ao segundo intento.

Luís Rouxinol - Volta
Pedro Galhardo (GFA São Manços) - Volta

Cortesias...

Luís Rouxinol, João Telles Júnior e Andrés Romero, bem como os Grupos de Forcados Amadores de Forcados Amadores de São Manços, Moura e Beja, frente a toiros de Canas Vigouroux, compõem o elenco do festejo que agora teve início na Praça de Touros Varela Crujo, em Beja.
Contamos tudo, em DIRECTO, da corrida dirigida por Domingos Jeremias , contando o tauródromo bejense, com cerca de meia lotação preenchida (com maior incidência na sombra).
As cortesias já se fizeram, a tarde está soalheira e com agradável temperatura, o espectáculo começa agora!

 

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0