Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Em directo

Campo Pequeno, 10 de Outubro 2019

2019-10-10 21:30:00

6º Touro - Luís Rouxinol Júnior (António Raúl Brito Paes - 640 quilos)

O mais pesado do festejo, sobrado de quilos, teve lide destinada a Luís Rouxinol Júnior.
Depois de bons compridos, deixou três curtos com o Douro, momento em que deu total primazia a uma brega a duas pistas, muito vistosa e que 'mexe' com as bancadas.
Terminou já com outra montada e um palmito de boa nota.

A derradeira pega desta corrida de Gala à Antiga Portuguesa, esteve por conta do Grupo de Forcados Amadores da Chamusca, estando na linha da frente o forcado João Rui Salgueiro, numa concretização ao segundo intento.

Luís Rouxinol Júnior - Volta
João Rui Salgueiro (GFA Chamusca) - Volta

5º Touro - Ana Rita (António Raúl Brito Paes - 604 quilos)

A cavaleira Ana Rita veio ao Campo Pequeno para triunfar...
É impressionante como faz tudo parecer fácil, mesmo com um toiro que nem sempre foi fácil.
Bem nos compridos, bem nos curtos. Boa brega, bem nas reuniões, correcta nas execuções, a lidar com alegria e poder comunicativo. Terminou com um violino e palmo.
Ovacionada de pé!

A última pega destinada ao Grupo de Forcados Amadores de Montemor, foi consumada ao terceiro intento pelo forcado Francisco Borges.

Ana Rita - Volta
Francisco Borges (GFA Montemor) - Volta

4º Touro - João Moura Caetano (António Raúl Brito Paes - 642 quilos)

João Moura Caetano lidou o quarto da ordem, o menos potável até ao ponto que se leva de corrida.
Depois de bons compridos, o ginete levou a efeito uma actuação muito coerente, pautada pela cadência nos movimentos da sua montada-estrela, o Campo Pequeno.
Bem nas reuniões antecedidas por batidas ao pitón contrário, saindo Caetano a rematar as sortes de forma muito templada.

João Saraiva, do Aposento da Chamusca, concretizou pega à primeira tentativa.

João Moura Caetano - Volta
João Saraiva (GFA Chamusca) - Volta

3º Touro - Rui Fernandes (António Raúl Brito Paes - 586 quilos)

A terceira actuação da noite, esteve por conta do mais internacional dos toureiros portugueses.
Rui Fernandes obteve em Lisboa, um grande triunfo, lidando ao som do seu próprio pasodoble.
Iniciou com o primeiro comprido cravado em sorte de gaiola, aguentando a investida do oponente em largas voltas à arena. Nos curtos, fez de tudo. Citou de largo, citou de curto, bregou a duas pistas, cravou com garbo, rematou com vistosidade... Com o cavalo Artista, 'terminou' de galvanizar o público, deixando duas bandarilhas com o cite em balancé, deixando o cônclave em pé, ovacionando...
Bom toiro, cumpridor, correspondendo a tudo com alegria e mobilidade, transmitindo e proporcionando o triunfo.

Regressaram à arena lisboeta para a pega do terceiro da ordem, os forcados do Grupo de Montemor. O 'homem' da frente foi João da Câmara, numa consumação ao primeiro intento.

Rui Fernandes - Volta
João da Câmara (GFA Montemor) - Volta
Ganadeiro - Volta

2º Touro - António Telles (António Raúl Brito Paes - 600 quilos)

Recuperado o turno, a segunda actuação da noite, esteve por conta do mais antigo cavaleiro do elenco.
António Telles, vestindo casaca cor ferrugem e ouro, lidou um pesado toiro de Brito Paes, saindo com pata, ao qual António cravou dois bons compridos.
Nos curtos, actuou em crescendo, desenvolvendo a passo grande labor, com ferros de franca boa nota, desenhando ferros de execução perfeita, rematando as sortes com classe e 'toreria'.

A segunda pega da noite, desta feita por conta do Grupo de Forcados do Aposento da Chamusca, foi concretizada à primeira tentativa por Francisco Barreiros de Andrade.

António Telles - Volta
Francisco Barreiros de Andrade (GFA Chamusca) - Volta

1º Touro - António Prates (confirmação de alternativa) - (António Raúl Brito Paes - 542 quilos)

Antes do início da primeira actuação, o Campo Pequeno, na pessoa da sua Administradora, Paula Resende e de Rui Bento, entregaram a António Telles, o galardão prestígio.

António Prates, confirma no Campo Pequeno, a sua Alternativa, tendo como Padrinho, António Telles e testemunhas, todo o restante elenco do festejo.

De casaca de veludo verde garrafa e ouro, o jovem ginete levou por diante uma actuação com atribuição de música ao terceiro ferro curto, momento em que a sua prestação veio a mais, com a cravagem de um bom ferro, emendando a 'mão' de um outro falhado. Rematou as sortes com piruetas ajustadas, destacando-se uma muito boa quinta bandarilha.

António Calça e Pina, efectivou a primeira pega da noite ao primeiro intento, vestindo a prestigiadíssima jaqueta do Grupo de Forcados Amadores de Montemor.

António Prates - Volta
António Calça e Pina (GFA Montemor) - Volta

 

Cortesias de Gala à Antiga Portuguesa...

O TouroeOuro cá está em mais um DIRECTO da Praça de Touros do Campo Pequeno.
Pela arena lisboeta, passou já todo o elenco que habitualmente faz parte deste tipo de encenação, constituindo um dos maiores atractivos de festejos com este tipo de cortesias.
Refira-se aliás, que foi preciso chegar à última corrida do abono, para que se registasse a melhor de todas as casas da temporada. Casa cheia, o que até aqui não tinha acontecido com a mesma convicção de hoje...

Perante toiros de Brito Paes, actuam os cavaleiros António Telles, Rui Fernandes, João Moura Caetano, Ana Rita, Luís Rouxinol Júnior e António Prates.
As pegas serão tentadas pelos Grupos de Forcados Amadores de Montemor e Aposento da Chamusca.
O festejo será dirigido pelo Delegado Técnico Tauromáquico, Tiago Tavares, sendo assessorado pelo médico veterinário, Jorge Moreira da Silva.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0