Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Em directo

Figueira da Foz, 22 de Agosto 2020

2020-08-22 21:30:00

6º Touro - João Ribeiro Telles (José L. Cochicho - 435 quilos)

A última actuação da noite foi protagonizada por João Ribeiro Telles.
João Telles esteve muito bem na interpretação desta função, num conceito completo de que é uma boa actuação, desde a brega, escolha de terrenos e execução das sortes, reunindo de forma precisa, saindo a rematar...
Terminou com dois palmitos, tendo por diante um toiro voluntarioso.

No que concerne ao último capítulo das pegas desta noite, saltou à arena para pegar de caras, o forcado André Martins, vestindo a jaqueta dos Amadores do Ribatejo, consumando ao primeiro intento.

João Ribeiro Telles - Volta autorizada
André Martins (GFA Ribatejo) - Volta autorizada

 

 

5º Touro - Marcos Bastinhas (José L. Cochicho - 545 quilos)

Marcos Bastinhas actuou frente ao segundo de forma regular mas efusiva, numa exibição ritmada e com a sua marca alegre e comunicativa, que muito agrada a este público.
Recebeu à porta gaiola, deixando regulares compridos, continuando com duas bandarilhas curtas e dois pares de bandarilhas deixadas à passagem pelo corredor.

A derradeira pega destinada ao Grupo de Forcados Amadores de Santarém, foi consumada à segunda tentativa por Francisco Graciosa.

Marcos Bastinhas - Volta autorizada
Francisco Graciosa (GFA Santarém) - Volta autorizada

4º Touro - Filipe Gonçalves (José L. Cochicho - 480 quilos)

Filipe Gonçalves teve por diante um toiro que embora mais leve, exibiu bonito trapio, mas que complicou com o jogo dado...
O toureiro do Algarve teve de se esforçar no sentido de deixar a ferragem da ordem, fazendo ainda assim de boa forma, com batidas ao pitón contrário. Já a pedido do público, deixou um violino, tendo o cônclave agradecido com enorme ovação.

A segunda pega destinada aos Amadores do Ribatejo, esteve por conta de André Laranjinha, sendo concretizada ao primeiro intento.

Filipe Gonçalves - Volta autorizada
André Laranjinha (GFA Ribatejo) - Volta autorizada e segunda chamada para ovação

3º Touro - João Ribeiro Telles (José L. Cochicho - 550 quilos)

Depois de bons compridos, João Ribeiro Telles seguiu para uma série de curtos que a ninguém passou indiferente.
O primeiro foi mesmo de antologia, pela exposição implícita na execução da sorte, valendo ao toureiro a imediata atribuição de música.
Os restantes foram dentro do mesmo conceito, terminando o toureiro com um violino que 'terminou' de animar as gentes.

Regressou à arena o Grupo de Santarém. Pegou à primeira tentativa, o forcado Rúben Giovetti.

João Ribeiro Telles - Volta autorizada
Rúben Giovetti (GFA Santarém) - Volta autorizada

2º Touro - Marcos Bastinhas (José L. Cochicho - 470 quilos)

Marcos Bastinhas enfrentou-se com um toiro que não deu tréguas, nem tão-pouco permitiu triunfo. 
Bastinhas deixou com garbo a ferragem comprida, sendo que nos curtos e com o toiro a vir a menos, apenas pôde cumprir com as bandarilhas da praxe, terminando com dois violinos como solução de recurso. Escutou música e escutou ovações com desplantes sempre muito do agrado deste público 'diferente'.

A segunda pega da noite, mas primeira a cargo dos Amadores do Ribatejo, foi efectivada ao segundo intento por Bruno Inácio.

Marcos Bastinhas - Volta autorizada
Bruno Inácio (GFA Ribatejo) - Volta autorizada

1º Touro - Filipe Gonçalves (José L. Cochicho - 500 quilos)

A noite figueirense está fria, mas o público da Figueira quente e sempre disposto a fazer parte integrante do espectáculo, reagindo sempre que a isso é chamado, fazendo-o com fulgor.
A Filipe Gonçalves tocou lidar o primeiro toiro da noite, o nmesmo que saiu com pata da porta dos sustos. O astado deixou-se lidar, não complicando, faltando-lhe no entanto aquela 'pitadita' de sal, ainda assim, colocada pelo toureiro.
Filipe esteve bem nos compridos e nos curtos, começando a desenhar nesta altura, uma 'faena' com variedade de sortes. Houve de tudo, Mourinas, par de bandarilhas de grande nota e um palmo a terminar, acompanhando tudo isto com vistosa brega ladeada.

A primeira pega da noite, coube ser tentada pelo Grupo de Forcados Amadores de Santarém, numa consumação ao primeiro intento, por António Taurino.

Filipe Gonçalves - Volta autorizada
António Taurino (GFA Santarém) - Volta autorizada

Cortesias

Noite de touros no importante Coliseu Figueirense.
Os touros estão de regresso a um dos mais emblemáticos tauródromos do centro do país e em simultâneo é também uma das praças mais a norte, ainda no activo... impunha-se portanto a deslocação da afición ao Coliseu, sobretudo numa temporada em que se assinala a passagem do 125º aniversário desta praça de touros.

Com a Tauroleve ao leme deste barco, inicia-se o festejo, sendo que as ora abreviadas cortesias já se realizaram. 
Pela arena, além dos forcados dos Grupos de Santarém e Ribatejo, passaram já os três cavaleiros em cartel: Filipe Gonçalves, Marcos Bastinhas e joão Ribeiro Telles, acompanhados das respectivas quadrilhas.

À arena sairão toiros de José Luís Cochicho, sendo que o espectáculo será dirigido pelo Delegado Técnico Tauromáquico Paulo Valente, coadjuvado pelo médico veterinário José Luís Cruz.

Boa entrada de público na Figueira da Foz, numa organização exemplar que se aplaude.

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0